Criptorquidismo ou Testículo Ectópico: O que é?


Normalmente, no momento do nascimento, os testículos dos filhotes se encontram no abdome e a descida acontece até os 2 meses de idade. Embora possa ocorrer um atraso, a partir desse período já se pode diagnosticar o criptorquidismo, que consiste na permanência dos testículos no abdome ou no canal inguinal. Pode ocorrer em ambos os testículos, mas é mais frequente ser unilateral.

O testículo retido é anômalo e a formação de espermatozoides pode ser comprometida ou estar ausente, especialmente nos que se localizam na cavidade abdominal devido às elevadas temperaturas a que estão expostos. A libido e comportamentos sexuais mantêm-se ativos, pois a testosterona (hormônio responsável) continua a ser produzida. O grande problema dessa condição em cães é que a probabilidade de desenvolvimento de neoplasia testicular é 13 vezes maior! Em gatos esta probabilidade é bastante rara. A neoplasia testicular, mesmo em testículos escrotais, é bastante significativa em cães com mais de 10 anos. O criptorquidismo está também associado a uma maior probabilidade de torção testicular.

Não existe tratamento a não ser a retirada do testículo por procedimento cirúrgico. Há uma forte predisposição genética, por isso, não é desejável colocar esses animais para reprodução. O acompanhamento veterinário do filhote é muito importante, pois além de orientações e imunização, condições como o criptorquidismo podem ser identificadas e tratadas.

Acompanhe a Clínica Sassaki e saiba mais sobre as principais enfermidades e quais cuidados importantes devemos ter com nossos queridos pets!

Av. Fortunato Moreira, 348 - Centro -Pindamonhangaba SP

Tel (12) 3642 3612

  • Instagram
  • Facebook ícone social

©  2019 por Clínica Veterinária Sassaki